A Vida Como Ela É...

A Vida Como Ela É...

'A vida como ela é...' era um conto que Nelson Rodrigues escrevia diariamente para Última Hora, o jornal de Samuel Wainer. Durante dez anos, de 1951 a 1961, Nelson criou quase 2000 histórias de amor, paixão e morte em torno de um tema único e obsessivo - o adultério. Elas o tornaram popularíssimo, mas consolidaram a reputação de 'tarado' que os conservadores já lhe atribuíam por suas peças de teatro. Este primeiro volume de A vida como ela é... traz 45 das histórias favoritas do próprio Nelson (entre as quais dez inéditas em livro, a famosa 'A dama do lotação' e uma rara história em seis partes, 'Paixão de morte').

Title:A Vida Como Ela É...
Edition Language:Portuguese
ISBN:9788571642836
Format Type:

    A Vida Como Ela É... Reviews

  • Lizzy

    Life As It Is in the beginning was Nelson Rodrigues view of Brazilian reality as published in a Rio de Janeiro newspaper between 1950 and 1960. Now his columns are united here in a wonderful collectio...

  • Cludia Azevedo

    "A Vida Como Ela É" poderia bem chamar-se "Tratado sobre o adultério". Praticamente todos os 100 contos que li são sobre um homem que trai a mulher, a mulher que trai um homem, traídos que aceitam...

  • Sergio

    Este é um livro de contos para ser lido um, dois contos ao dia. Me explico, todos tratam ordinariamente do mesmo assunto relações maritais, família e moral. Ler vários contos em sequência fica m...

  • Lus Fernando

    Um pouco cansativo dada a repetição dos temas e da estrutura. Chama atenção a linguagem de Nelson que era por vezes pueril, palavrões não aparecem, mas xingamentos que me remetem à minha infân...

  • Antnio

    Sem dúvida que Nelson Rodrigues é um grande escritor e se revela um grande cronista neste livro. O único problema é que assim, reunidas em volume, a leitura se torna um pouco monótona dada a seme...

  • Glucia Renata

    As histórias são boas e não tão chocantes quanto eu imaginava. Algumas chegam a ser divertidas, porém em outras há um certo exagero. Mas são muitas para se ler de uma vez, após certo tempo pas...

  • Carlos Azevedo

    Uma forma deliciosa de contar histórias curtas. Infelizmente há imensas iguais, rescritas com outras cores. Para ler em modo random....

  • Luan

    Muito bom! O jeito leve e "sem vergonha" como Nelson Rodrigues escreve deve ter escandalizado os leitores de sua época. O problema é que reunidas, as histórias perdem um pouco de sua identidade, se...

  • Raquel Brando

    É aquele tipo de livro que você pode pegar para ler aleatoriamente. A leitura fica chata se for contínua....

  • Isabela Martins

    batata...