O Bobo

O Bobo

by

2020-readings, , e-book, portuguese-literature, pt-historical-fiction, classics, livros-lusófonos-lidos, favorites, x-portuguese, Classics, Historical, European Literature, Cultural, Fiction

O Bobo é um romance histórico inicialmente publicado na revista O Panorama, em 1843, refundido e ampliado na edição póstuma em volume, de 1878. Na introdução, Herculano sustenta que «o mister de recordar o passado é uma espécie de magistratura moral» e formula o desejo de que «o drama, o poema, o romance sejam sempre um eco das eras poéticas da nossa terra». A obra evoca a época conturbada da gestação da nacionalidade portuguesa, cujas lutas têm como cenário o Condado Portucalense e, concretamente, o espaço histórico e simbólico do castelo de Guimarães, palco onde se desenrolam intrigas românticas e maquiavélicas. A figura central do enredo [...] acaba por ser D. Bibas, O Bobo, espectador oculto de paixões e intrigas e autêntica mola secreta da ação.

O Bobo. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-01-22]. Disponível na www:

O autor situa a narração no ano de 1128, dias antes da batalha de S. Mamede que opôs o exército de D. Afonso Henriques ao da sua mãe D. Teresa. [...] Nisto tudo, um homem tem um papel fundamental, alguém que todos menosprezam, alguém que aparentemente nada valia: D. Bibas, o Bobo da corte.

http://www.passeiweb.com/na_ponta_lin...

Neste romance, Alexandre Herculano alia a capacidade de «invenção», ou ficcional, com o conhecimento da época [par]a reconstituir, revelando um extremo cuidado com cenários e personagens e inserindo-os nas questões políticas e tensões sociais, situações que dominava enquanto historiador.E assim faz evoluir, em papéis complementares, personagens que têm referentes reais, [..] mas dando o protagonismo a «heróis» saídos da sua imaginação [...]

http://www.wook.pt/ficha/o-bobo/a/id/...

Title:O Bobo
Edition Language:Portuguese
ISBN:null
Format Type:

    O Bobo Reviews

  • Lus

    In this work, the author evokes a troubled time of the gestation of Portuguese nationality, by placing the novel in the year 1128, days before the battle of S. Mamede. The army of D. Afonso Henriques ...

  • David

    “From the death of Don Henrique, Dom Bibas had fallen so so low that he was valued as low as the domestic animals.” He became the court fool. He entertained Queen Teresa of Portugal, making up son...

  • Ana Massa

    Realmente este livro não é fácil! Requer (frequentemente) a companhia preciosa de um dicionário, porque o vocabulário de Herculano é bastante complexo. Apesar de não ser muito fã de romances h...

  • Daniel

    Quando me ofereceram o livro, o nome Alexandre Herculano não evocava mais do que uma ténue memória de o ouvir algures; agora surge-me como um dos nomes incontornáveis da literatura portuguesa, nã...

  • Csar Lasso

    A historical fiction typical of 19th century Romanticism ("Culto, amor, saraus, tríplice encanto da Idade Média…" and a tragical end for the lovers). It is very well documented since the author wa...

  • Sara Jesus

    Apesar de estar escrito no português arcaico, tornando a leitura um pouco difícil, este foi um livro divertido. A figura de D. Bibas, o bobo, colocou-me um sorriso nos lábios. E nestes tempos mais...

  • Virgilio Machado

    Alexandre Herculano, director da Torre do Tombo e com um acesso privilegiado aos fatos históricos, escreve um romance espantoso, cheio de luz e ironia.http://www.passeiweb.com/na_ponta_lin......

  • Daniela S.

    Epá, poderia ter sido pior! Gostei muito do triângulo amoroso! Aliás, acho que foi isso que salvou o livro. Mas também adorei as partes que tinham mais ação e intriga :D...

  • Marta Sousa

    Este livro efabula um romance na altura do nascimento de Portugal. Tece a intriga da divisão política dos nobres e as razões de D. Teresa ir contra o seu filho D. Afonso Henriques. É muito interes...

  • Antnio

    Obra interessante que introduz uma personagem inventada (o bobo, dom Bibas) para completar e explicar acontecimentos históricos. Dom Bibas não é figura principal da trama, mas é chave para o decor...